SOBRE A EMPRESA

Nossa empresa está situada no município de Terra Rica, Estado do Paraná, às margens da Rodovia PR 557 Km 2 saída para Diamante do Norte. Somos especializados na produção de farinha de mandioca. Enviamos nossos produtos para todo o Brasil. E devido ao elevado grau de qualidade e satisfação dos nossos clientes também exportamos nossa farinha!

EQUIPE RESPONSÁVEL
Vilmar Roders entrevista.jpg
Vilmar Roders
Rudolfo Roders
Camila Roders

Proprietário e Produtor

 

Proprietário e Gerente Adm

Proprietária e Colaboradora

NOSSA HISTÓRIA

     A nossa história começa no ano de 1947 no litoral catarinense no município de Luiz Alves. Reinoldo Roders foi o fundador da indústria. Desde jovem ele plantava mandioca na região, mas era difícil de vender pois todos da comunidade local plantavam também para seu próprio consumo, então resolveu montar uma pequena fábrica de farinha – que era novidade na região. Assim, logo começou a comprar mandioca de comunidades vizinhas, mas era muito complicado devido ao difícil acesso e às precárias estradas porque era região serrana sendo muito acidentada. Ele trazia de caminhão a mandioca e descarregava a matéria-prima 2 km antes de chegar até a indústria e então eram feitas pequenas viagens de carroça puxadas por cavalos até o local do descarregamento.

  Um dos maiores desafios foi a falta de energia elétrica no local, então Reinoldo e a família construíram com pás e enxadas uma pequena represa no local com uma grande roda d’água para movimentar toda a indústria. E logo no início a indústria passava por muitas dificuldades, pois Reinoldo tinha apenas um filho homem que era Hatwich Roders e, em 1947, logo após a Segunda Guerra Mundial praticamente todos homens do litoral catarinense, inclusive Hatwich, foram convocados para servir ao exército no Rio de Janeiro. Outro grande problema era o transporte de farinha até o comércio vizinho onde as estradas eram muito ruins e era feito através de carroças, sendo que algumas entregas eram realizadas a 40 km da indústria. As dificuldades iam aparecendo, mas a pequena empresa ia crescendo pouco a pouco.

   Em 1969 Hatwich Roders desenvolveu a marca da farinha com o nome da família - Farinha Roders, empacotada à mão em pacotes de 1 kg. A empresa foi uma das pioneiras a empacotar o produto no litoral catarinense o que facilitou em muito a sua comercialização.

A empresa foi crescendo e o comércio aumentando. Os netos de Reinoldo nascendo e o estado de Santa Catarina crescendo principalmente no litoral com o turismo e o polo têxtil muito forte. Os pequenos produtores que tinham pouco incentivo foram desistindo das lavouras e indo para a cidade. Nesse momento a empresa encontrou outra grande dificuldade: a falta da matéria-prima.

  A empresa nos anos 80 passou por mais apertos devido ao plano cruzado. Teve que parar as atividades por 1 ano já que o produto fora tabelado abaixo do preço de custo e, naquela época o proprietário já era Vilmar Roders que já estava ajudando na administração junto com seu pai, Hatwich Roders. Vilmar vislumbrou a hipótese de ir para o norte do Paraná, pois as terras seriam mais favoráveis ao cultivo da mandioca.

   O plantio no litoral catarinense caiu drasticamente nos anos 90 e, sendo assim, em fevereiro de 1997, a indústria saiu de Luiz Alves para constituir um novo empreendimento no município de Terra Rica, situado no noroeste paranaense, onde se firmou.

   Atualmente, depois de ter suportado muitas dificuldades no passado, a empresa vende farinha para uma boa parte do território brasileiro e ainda exporta uma farinha especial para os Estados Unidos, mostrando grande evolução e progresso ao se fixar definitivamente no cenário dos fabricantes de farinha de primeira qualidade.